Publicado por: ministriodeusfiel | 23/04/2017

Que maneira de viver!

INTRODUÇÃO
Filipenses 1:12-21

A busca da felicidade é uma questão de escolha; é uma postura positiva que optamos por expressar, e não um presente entregue em casa a cada manhã. As circunstâncias, raramente, geram sorrisos e risos; Elas não podem nos fazer felizes. Se esperarmos que sejam favoráveis, nunca voltaremos a sorrir.

  1. PROCURA-SE UMA MENTALIDADE POSITIVA

A nossa mente é um cofre que aguarda os nossos depósitos. Se depositarmos nele pensamentos positivos, encorajadores e animadores, o que poderemos sacar, depois, será o mesmo, e os juros serão a felicidade.

Uma mentalidade positiva não necessita de quase nada tangível para ser feliz; tem a capacidade de criar as próprias razões para a felicidade; escolhe ser feliz agora e nunca espera que tudo esteja em seu devido lugar para que, só assim, a felicidade chegue.

2. CONFIANTE, APESAR DE SER VÍTIMA – v. 12-14

Preso a um soldado romano, Paulo escreveu acerca das coisas que lhe aconteceram “para maior proveito do evangelho”. Em vez de ver o soldado a trabalho ao seu lado como uma restrição ao evangelho, Paulo o via como uma audiência cativa. Que oportunidade de compartilhar Cristo com um soldado atrás do outro. Em vez de sentir-se frustrado e vitimado, Paulo riu da janela aberta por Deus.

Pensar como Paulo depende da pergunta que nos fazemos a nós mesmos, que pode ser negativa – “Por que isso teve de acontecer comigo?” ou positiva – “Como isto resultou em algum benefício que Deus tinha em mente?”

3. FELIZ, A DESPEITO DOS OUTROS – v. 15-18

Quando as pessoas blasfemam contra a mensagem do evangelho, precisam ser repreendidas, expostas e corrigidas; porém, quando blasfemam contra o pregador, precisam ser ignoradas.

O maior passo para a aprendizagem de como voltar a sorrir é ser flexível o suficiente para deixar as coisas serem como são, aceitar as diferenças e aplaudir bons resultados (mesmo quando o caminho percorrido pela pessoa não tenha sido o de que mais gostamos).

4. ESPERANÇOSO, A DESPEITO DAS INCERTEZAS – v. 19,20

Paulo tinha esperança, apesar das incertezas, em outras palavras, o que ele estava experimentando não era o fim; as coisas ocorreriam exatamente conforme a vontade de Deus, e isso era o que lhe dava paz.

O que pode ter lhe proporcionado dor e desconforto, temporariamente, resultaria, principalmente, no engrandecimento de Cristo. O apóstolo se recusava a cair em depressão e a aceitar as duras críticas e os ataques que recebia; em vez disso, permanecia forte, otimista e seguro de si.

5. FELIZ, POIS CRISTO ERA FUNDAMENTAL – v. 21

Como ele pôde ser tão forte? Não há dúvidas quanto a isso; ele era feliz, pois Cristo era fundamental.

Se o dinheiro for o nosso objetivo, podemos viver com medo de perdê-lo, o que nos deixará paranoico e desconfiados de tudo; se for a fama, podemos tornar-nos competitivos, a fim de que ninguém nos substitua, o que nos tornará invejosos; se for o poder e a influência podemos tornar-nos autossuficientes, teimosos, o que fará de nós arrogantes; e se forem os bens o nosso deus, tornamo-nos materialistas, achando que o suficiente nunca é suficiente, o que nos torna gananciosos. Todas essas buscas vão contra a alegria e a felicidade.

Somente Cristo pode satisfazer você (com muito ou pouco, sendo conhecido ou não, vivo ou morto), e a boa notícia é que a morte é só o começo de um viver de deleites, e isso é o suficiente para que você volte a sorrir!

Qual seria o resumo de tudo isso? O segredo de viver é o mesmo que o de encontrar a felicidade: ambos residem na centralização em Jesus Cristo. Em outras palavras, a busca da felicidade é a busca de uma vida centrada em Cristo e controlada por Ele.

Quando Cristo se torna o nosso foco – a nossa razão de existir -, a felicidade substitui a nossa ansiedade, assim como os nossos temores e inseguranças. Que maneira de viver! Não deixe nada privá-lo disso!

Para refletir:

  • Você tem exercitado sua mente para que ela torne positiva?
  • Diante das incertezas da vida você consegue se manter confiante em Deus?
  • Cristo tem sido seu objetivo de vida maior? Se sim, onde está o sorriso?

Palavra ministrada pelo Pastor Mario Pacheco Neto em 12/02/2017

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: