Publicado por: ministriodeusfiel | 02/06/2013

Não adulterarás – 7º Mandamento

Ministério Deus é Fiel

“A cerca de Deus ao redor do seu casamento”

Êxodo 20:14

Os mandamentos de Deus nos protegem. Colocam uma barreira entre nós e aquilo que nos destruiria. Colocam uma restrição na nossa carne que quer o que quer, a qualquer preço.

Nossa carne não se importa nem um pouco com a felicidade amanhã ou a paz da alma por uma vida inteira. Ela não se incomoda com o bem-estar daqueles que amamos. Tudo o que busca é gratificação AGORA.

Em nossa natureza humana decaída, gostamos de evitar “ordens”. As palavras do tipo “não pode, não deve ou deve” parecem ásperas aos nossos ouvidos. Se você vir um sinal numa porta dizendo: “Não Entre”, qual a sua primeira inclinação? A maioria de nós quer pelo menos espiar para ver o que há lá dentro.

As pessoas costumam dizer: “Olhe, posso fazer o que quiser. A vida é minha”. Mas, o mundo e toda a criação são de Deus, e é de Sua conta, quer as pessoas obedeçam ou não aos Seus mandamentos. Ele ama tanto as pessoas que fez uma lista de restrições a fim de proteger-nos de tudo o que possa ser extremamente destrutivo para as nossas vidas e a daqueles que amamos. O adultério é uma dessas coisas.

Por que Deus se importa tanto com o adultério, de uma forma especial? Por que a felicidade e a pureza no casamento são tão importantes para Ele? Deus sabe que o lar e a igreja são duas instituições ordenadas por Ele na terra, para modelarem visivelmente o amor divino. É do interesse de Satanás manchar e desfigurar esses dois modelos.

1. Onde começa o adultério?

Alguns dirão: “Nunca cometi adultério e nunca cometerei”. Não? Você pode dizer isso, mesmo depois de lembrar das palavras de Jesus?

Mateus 5:27, 28

Quem entre nós deixou de decepcionar o Senhor nesta área do adultério mental? E onde mais ele começa, se não for na mente? A verdade é que não existe uma aventura de uma noite. O caso começa no estágio da imaginação, muito antes de ocorrer na vida real.

A verdadeira batalha na nossa vida é da mente. Satanás começa a sussurrar em seu ouvido e você começa a pensar sobre o que quer, o que “merece”, o que “precisa” e o que (com todo direito) “você deve ter”.

2. Como o adultério começa a insinuar-se num coração desprotegido?

2.1         Imaturidade

Sempre há conflitos num relacionamento. Somos impacientes em nossa carne. Queremos resultados agora: quero minhas necessidades satisfeitas neste momento. Muitas vezes dizemos: “Não vou esperar uma semana, um dia ou uma hora”. Isso não passa de imaturidade.

A imaturidade sempre diz, eu quero o que quero e quando quero. Ela não aceita um “não” como resposta. Não se acalma com as palavras “daqui a pouco” ou “espere um minuto”.

O maior contribuinte do divórcio não é a “incompatibilidade”, mas a irresponsabilidade e imaturidade.

Quase todos os casais passam pelos mesmos desafios básicos no casamento. Mas a diferença entre o casal que se divorcia e o que permanece unido está contida numa só palavra: compromisso.

Por que o compromisso é uma qualidade tão rara em nosso mundo hoje? Porque entramos no casamento procurando alguém para servir-nos, em vez de alguém para servir. Numa palavra, somos egoístas.

Alguns dizem que o amor está apoiado na paixão. Este tipo de amor não irá durar. Alguns dizem que o amor tem como fundamento a necessidade. Este amor jamais ficará satisfeito, porque o ser humano foi criado para satisfazer-se com uma única pessoa, e o seu nome é Jesus.

O amor bíblico é um amor que se apóia no compromisso. O propósito desse amor é servir, satisfazer e suprir a pessoa a quem você dedicou sua vida.

Uma das principais mentiras da Grande Enciclopédia de Mentiras de Satanás é que o amor é um “sentimento”. Ele pode produzir sentimentos maravilhosos, mas de maneira alguma ele é sentimento. O amor genuíno continua sendo amor quando você não mais descobre os sentimentos. Amor é compromisso.

1 João 3:16

2.2        Expectativas

Temos expectativas para as pessoas que amamos, mas elas raramente são satisfeitas. Deus sabe que podemos investir um no outro, amar um ao outro e ser benção mútua, mas é Ele quem satisfaz. Ele é Aquele que supre em todos os sentidos. Não existe homem ou mulher no mundo que possa preencher todos os vazios do seu coração.

João 15:5c

2.3        Falta de cultivo

Não prive seu cônjuge de amor e afeto, tanto emocional como físico porque se fizerem isso, irão tornar-se muito vulneráveis.

1 Coríntios 7:5

Manter uma relação de amor sadia exige bastante trabalho; mas, vale muito a pena.

As Escrituras dizem para nos submetermos um ao outro. Quando você ama uma pessoa, capacita essa pessoa a fazer o mesmo! Ele ou ela passa a amar você, pensar em você, mimá-lo e pôr você em primeiro lugar.

Por que nossas vidas podem ser mudadas completamente? Porque quando nos entregamos a Jesus descobrimos o que Ele fez para nos atrair, para nos aproximar dele. Ele nos escolheu e comprou. Foi um pagamento que está além de qualquer preço ou compreensão. Sabemos que somos amados por Ele.

1 Pedro 1:18, 19a

O Senhor tem um compromisso conosco e este seu compromisso contínuo conosco nos faz compreender como é importante mantermos um compromisso contínuo com aqueles a quem amo. Não é tarefa deles se convencerem de que os amamos. É nosso dever convencê-los.

No período do namoro os casais mostram o que há de melhor neles. São atraentes. Asseados. Ficam acordados à noite, pensando em meios de honrar e agradar um ao outro. Depois, quando se casam, alguma coisa começa a mudar. Não é mais tão importante assim. Essa é uma das razões pelas quais as pessoas se tornam vulneráveis. Sentem-se depreciadas.

3. E se eu já falhei?

3.1         Tome a decisão de arrepender-se e confessar seu pecado ao Senhor

Confessar é simplesmente concordar com Deus que Ele está certo no que diz sobre nosso pecado. Arrepender-se significa mudar de direção.

I João 1:9

3.2        Aceite o perdão do Senhor

O Senhor quer nos cobrir com Seu sangue e nos lavar, deixando-nos brancos como a neve.

Isaías 1:18

3.3        Termine o relacionamento agora

Neste momento. Não amanhã, nem daqui a uma semana. Não é fácil, alguém vai sempre ficar machucado. Mas a única maneira de terminar é TERMINAR. Nada mais de conversas, telefonemas ou encontros. Nada. Acabou.

3.4        Agradeça a Deus

Agradeça a Deus por Seu poder de restauração e ressurreição. Alguns precisam de restauração porque as coisas em suas vidas e casamentos estão danificadas e precisam ser consertadas. Outros precisam de ressurreição porque algo morreu e não pode viver novamente sem o toque dAquele que é Vida.

Louve a Deus por Sua misericórdia! Lembra-se da mulher na Bíblia que foi apanhada em adultério? Será que Jesus estava desculpando o pecado? Não. Estava perdoando. E tem o perfeito direito e autoridade para isso.

João 8:7-11

Nem por um momento cremos que um casamento jamais terá problemas ou terá que enfrentar tempestades. Todavia, cremos que o tipo de compromisso que Deus está falando significa que, quando chegarem a um obstáculo ou dificuldade, tomarão a decisão de levantar-se, tirar o pó das roupas, e continuar juntos.

A melhor parte, no entanto, é esta: quando você tem o Senhor em sua vida, você não tem de cumprir esse compromisso sozinho.

Pr. Mario Pacheco Neto – 02/06/2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: